O Projecto

Vela Adaptada

O objectivo da Vela Adaptada é promover a prática da vela a pessoas portadoras de deficiência, criando condições materiais e humanas à acessibilidade e integração social dos seus praticantes, com relevo especial à formação de todos os interessados e seus acompanhantes.


Comparativamente com a vela tradicional, os barcos de vela adaptada têm de ser mais seguros e não podem virar. A prática da modalidade exige um menor esforço físico, mas em termos teóricos, técnicos e tácticos é muito semelhante à vela tradicional.

Os Jogos Paralímpicos de 2008 marcaram a primeira participação portuguesa na competição em vela adaptada. Bento Amaral e Luísa Silvano garantiram o apuramento no Campeonato do Mundo de Vela Adaptada de 2007, que se realizou em Rochester, nos EUA, e no qual se classificaram em 13º lugar. Conseguiram ficar na 42º posição, no entanto, a dupla já conquistou no Campeonato do Mundo de Skud-18, em 2008, a medalha de Bronze.

A vela torna-se então uma oportunidade privilegiada de obter (ou manter) uma relação os desportos aquáticos e o mar.

 As dificuldades existem evidentemente, mas o voluntarismo e a vontade tudo ultrapassa. A procura é maior que a oferta e se mais meios existissem maior seria o desenvolvimento desta modalidade.

Assim pouco a pouco vamos ultrapassando os obstáculos. 

No âmbito do Projecto Vela Solidária e na sequência do início da actividade da  Escola de Vela Adaptada, em 2013 – tendo como objetivo proporcionar a participação em regatas inseridas nos quadros competitivos nacionais e internacionais -, obtiveram-se resultados muito meritórios, tais como:

  1. Bi-Campeão Nacional de Vela Adaptada em Access 2.3 (singular);
  2. Vice-Campeões Nacionais de Vela Adaptada em Access 303 (duplo);
  3. Campeões Nacionais de Vela Adaptada em Access 303 (duplo);
  4. Vice-Campeão da Europa de Vela Adaptada na classe Access 303 (singular);
  5. Vice-Campeões da Europa de Vela Adaptada em Access 303 (duplo).

IMG_3498

Velejadores Vela Adaptada

Beneficiários

A Vela Solidária tem como beneficiários dois tipos de populações,
– Crianças e Jovens que vivem em instituíçoes ou que se encontram integrados em projectos de integração social; e
– Pessoas com deficiência, independentemente do tipo ou grau.

focando-se em duas áreas especificas:

1) Ensinar a arte de andar a vela, com tudo o que isso implica – terminologias, regras de navegação, mareações, manuseamento de uma embarcação à vela, entre outros; e

2) Promover o desenvolvimento de competências através da practica da Vela, nomeadamente a gestão de conflitos, o trabalho em equipa, superação, resolução de problemas e integração social.

Alguns Beneficários da Vela Solidária

Alguns Beneficiários da Vela Solidária

 

Aqui se encontram 
algumas das instituições com que trabalhamos regularmente:

Casa da Nossa Senhora da Conceição
Casa familiar de 34 crianças e jovens, todos do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 3 e os 23 anos.
Realiza actividades de Vela Solidária semanalmente, no período do fim-de-semana.

Lar de Crenças Bom Samaritano
Casa familiar de 30 crianças e jovens, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 3 e os 18 anos.
Realiza actividades de Vela Solidária semanalmente, no período do fim-de-semana.

Lar de Crianças (CASLAS)
Casa familiar de 55 crianças e jovens (40 raparigas e 15 rapazes), com idades compreendidas entre os 3 e os 20 anos.
Funcionando como uma extensão alargada da família biológica, o Lar de Jovens procura corresponder aos anseios e desejos das crianças e jovens que, por qualquer motivo, são privadas de uma vivência familiar normal.
Realiza actividades de Vela Solidária semanalmente, no período do fim-de-semana, no pólo de Lagos.

Unidade de Reabilitação Profissional (Casa de Santo Amaro)
Destina-se a jovens e/ou adultos com deficiências, incapacidades ou desvantagens, maiores de 15 anos.
Realiza duas actividades mensais de Vela Solidária.

Centro de Atividades Ocupacionais (Casa de Santo Amaro)
Criar condições que permitam o desenvolvimento da pessoa com deficiência, aos níveis emocional, cognitivo e social, maximizando a autonomia e procurando o seu bem estar, com respeito às suas características especiais e necessidades, visando sempre uma melhor inclusão social. Realiza actividades de Vela Adaptada semanalmente.

Centro de Atividades Ocupacionais (NECI)
Contribui para a melhoria da qualidade de vida e para a plena inclusão na sociedade da pessoa com deficiência, incapacidade, handicap ou atraso de desenvolvimento na infância, bem como, de indivíduos e famílias em situação de fragilidade social e/ou económica, valorizando as suas potencialidades e promovendo as suas competências.
Realiza actividades de Vela Adaptada semanalmente.

Projeto Mergulha Por Ti Mão (Projeto Escolhas)
Projecto de integração social e capacitação individual dirigido a crianças e jovens de ambos os sexos e com idade superior a 6. Está localizado no bairro social Cruz da Parteira em Portimão.
Realiza atividades da Vela Solidária sobretudo nos períodos de férias  e interrupções escolares.

Copyright © 20011-2016 Vela Solidária. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por brunojose.pt